Posts

Novas tendências de consumo com o Pós-pandemia

Os hábitos das pessoas mudaram drasticamente por conta da pandemia, fazendo com que precisássemos nos adequar a uma série de restrições. Quando se fala na forma de consumir produtos e serviços não foi diferente. Os mais diversos segmentos tiveram que se adaptar por um longo período por conta da pandemia a ponto de mudanças temporárias se tornarem efetivas. Por isso, neste atual momento começa a surgir o questionamento: quais a novas tendências de consumo com o pós-pandemia?

No Brasil, como já dito aqui no blog, o primeiro grande padrão percebido foi a queda no número de vendas presenciais e o crescimento de 56,8% no faturamento de vendas por e-commerce, dado do Movimento Compre&Confie em parceria com a ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico). Esta é uma tendência que deve se manter para o futuro, visto que vários setores já se adaptaram para atender seus clientes de forma remota, como é o caso da educação, com transmissão de aulas ao vivo, o lazer, através lives de artistas, e também, o home office, modelo de trabalho em casa que veio para ficar. 

Outra importante tendência a se levar em conta é o consumo responsável e consciente, já que fatores como o financeiro fizeram com que as prioridades mudassem, colocando itens de necessidades básicas a frente e só depois, considerassem compras mais supérfluas, seguido do consumo sustentável, colocando à tona a relação de consumo responsável com sustentabilidade ambiental. Estes são apenas alguns dos pontos que fizeram dos consumidores ainda mais críticos na hora de adquirir um produto ou serviço. Para Corazza, professor da IBE conveniada à FGV, a marca que consegue escutar os problemas do seu consumidor e resolvê-los, consegue torná-los embaixadores fiéis.

Somado a isso, há outras tendências que valem a pena ter no radar:

 

  • E-commerces e comunicação digital continuam crescendo: se você faz parte, busque sempre melhorar suas estratégias. Se não faz, questione-se sobre o porquê. Uma oportunidade de alavancar o seu negócio pode estar sendo perdida.
  • Marca com propósito. Qual a sua? Não importa o seu segmento ou o que você faz. O propósito alinhado da sua marca, pode manter clientes e conquistar novos, e a pandemia reforçou isso.
  • Nem sempre é sobre preço. Valor e preço são termos parecidos, mas com propostas completamente diferentes. O preço importa, mas o valor de uma marca e o que ela faz para o mundo também tem igual ou maior relevância e clientes abraçam isto.

 

Nesse momento, é imprescindível para qualquer organização entender o perfil dos seus clientes e conseguir se adaptar às mudanças de mercado. Parece básico, mas isto pode ser o diferencial entre estagnar, ou mesmo perder chances de venda, e conseguir crescer o seu negócio de forma exponencial. Portanto, estude seu mercado, seus clientes e trace a melhor 

estratégia para conseguir atender às novas demandas dos consumidores. Afinal, cada cliente é único e principal responsável por manter o fluxo do seu negócio ativo.

Quer conhecer mais sobre clientes do seu projeto, principalmente no Brasil e na América Latina? Fale com a gente. Temos as ferramentas certas para catalisar as suas estratégias.