Criatividade não é só coisa para criativo

É normal ouvirmos em nosso dia a dia que criatividade é um dom para poucos, como se fosse uma característica específica de artistas ou que as pessoas nascem com ou sem ela. Porém a realidade não é bem essa: ser criativo depende do quanto você trabalha para desenvolver essa habilidade e a prática é o que importa. 

Segundo um estudo realizado pela Universidade de Harvard, a criatividade é, em 85% dos casos, uma competência aprendida. Algumas pessoas possuem maior facilidade em desenvolvê-las, outras já precisam se esforçar um pouco mais.

A rotina é um dos principais fatores que atrapalham o desenvolvimento dessa habilidade, visto que diariamente seguimos os mesmos passos e dificilmente aprendemos algo novo. A criatividade emerge a partir das suas experiências, portanto, quanto maior a sua bagagem de vivências e conhecimento, mais facilmente você conseguirá pensar de forma diferente. 

Há algumas dicas que podem ajudar a desenvolver a criatividade no dia a dia. A primeira delas é buscar fugir da rotina, fazer o que fazemos diariamente, de uma outra forma, como por exemplo, pegar um caminho diferente para o trabalho, ler um livro diferente dos que costumamos ler, estudar assuntos que geram alguma curiosidade. Essas ações bem simples, irão aumentar o nosso repertório e isso permitirá que nova conexões sejam feitas, nos ajudando a enxergar soluções e perspectivas que antes não eram possíveis.

Somado a isso, o estado emocional também é algo que pode influenciar em nossa capacidade criativa. A Teoria Broaden and build, desenvolvida pela Dra. Barbara Fredrickson, da Universidade da Carolina do Norte, fala que pessoas que cultivam emoções positivas são capazes de ampliar o seu repertório mental e isso influencia diretamente em pensamentos mais criativos. Portanto, é importante manter-se descansado e buscar manter a saúde mental.

Por fim, permitir-se errar é mais uma dica de grande valia. Começar a enxergar os erros como possibilidade de aprendizado é uma postura que nos permite experienciar muito mais possibilidades, portanto, isto aumenta nosso repertório e futuramente esse novo conhecimento nos ajudará a propor soluções criativas.

Fica claro que a criatividade é uma habilidade que qualquer pessoa pode desenvolver, depende apenas do nível de esforço empregado nessa jornada. Curiosidade pode a ser a palavra que vai nos fazer buscar coisas novas para compor nossa bagagem e assim nos fazer pensar de forma criativa. 

Já pensou em como você pode empregar a criatividade para inovar em sua produtividade no trabalho, na vida pessoal, nos seus relacionamentos e nos seus projetos paralelos, transformando momentos comuns em uma experiência gratificante e inovadora? Reflita para, de fato, fazer algo na sua jornada.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *